Páginas

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Hallellujah


Eu ouvi que tinha um chamado segredo, aquele que trazia toda a felicidade, uma escada para a lua e o paraíso. Pois, muito me interessei, mas já tinha visto muita televisão para saber que toda magia viria com um preço. Tinha que passar pelo pecado, pelo desconforto e pelo impacto. Preços que ainda não soube muito bem calcular o valor e muito menos se estou disposto a pagar.

Fiz um caminho que provavelmente não apresentou nada de novo, a não ser o seu criador. Seria suficiente? Um caminho que muitas vezes eu não conseguia acreditar e precisava recorrer a qualquer palavra comum para não ver perder em pedras que eu mesmo coloquei. Em uma vida que tento deixar louca, mas acaba somente longa. 

Talvez exista um novo Deus. Ele não controla as horas, mas pode ser detentor do tempo. Aquele tempo em que eu não consegui cumprir uma singela lista de desejo e controle de compulsões. Aquelas horas que me farão me impedir de dormir em uma insônia que me deixa impotente. Com medo de não amar nem a si mesmo, com medo de não conseguir dizer um frio e sólido Aleluia.

Não sei se fiz o meu melhor, mas sei que não foi suficiente. Isso é algo positivo, por não mostrar indícios de um final   Porque querer ver o mundo custa caro, querer entender todas as mentes e se colocar no lugar de todos coloca em risco a sua própria identidade. Essa que uma vez ou outra até se esquece que existe, até prefere ignorar que existe.

Já que é para falar do futuro, confesso que hoje ele me assusta. Ele me assusta pelo seu silêncio e pelos barulhos do presente que eu não sei interpretar. Ou talvez saiba e só não quero aceitar. E é por essa negação que hoje eu rezo, é por conseguir esse chamado segredo que eu temo. E é por não temer que eu apelo mais uma vez na negação. Uma negação que oscila entre estabilidade e constância, mas ao mesmo tempo leva todo meu desejo de simplicidade embora. Por isso só me resta dizer suspirando...

"...And every breath we drew was Hallelujah"

0 Comentários:

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails