Páginas

quarta-feira, 7 de maio de 2014

That's all Folks!

Sei que isso não é a primeira vez que acontece e que mesmo assim me afeta. Eu fico feliz por conseguir demonstrar integridade e não conseguir me quebrar. Uma vez eu pensara estar longe de tudo que me atrasa, mas estou apenas distante de onde eu nunca deixei de estar.

Rezo pela salvação e agradeço a secularização. É uma forma de não me declarar superior ao que eu não conheço e nem de precisar de crença para existir. Com isso, eu posso ficar com a mente tranquila por minhas ações. Até porque percebi que nem sou diferente de pessoas que eu critiquei. Levo em conta que as histórias puderam fazer grande diferença.  Queria ser mais que um rebelde frustrado, mas ainda não descobri se ser um desviante é a solução. Uma carreira brilhante é apenas escapismo constante para ficar salvo durante a guerra fria. É mais uma vez eu dizendo que isso é a vida que eu não tive.

Best not to say it! Aprendi que palavras destroem apenas a sí mesmo se estão entaladas. Talvez sirva para atacar uma outra pessoa, mas a sí próprio vai continuar sempre entalada. Enganado está quem pensa que não é afetado por tudo que acontece ao redor. Nem que seja pela preguiça, pelo desinteresse. Onde parece um lugar de paz, está totalmente corroído pelo tempo. Mas isso já tem tanta importância perto do estrago que é feito na consciência. É estranho eu abusar de palavras grosseiras, precisava representar o drama que nunca saiu de mim . Uma vida de complexos que nunca se convergiram.
Dizem que eu devo pedir desculpas. Infelizmente eu discordo. Provavelmente sou um péssimo romântico, não ligo de admitir. Ligo, entretanto de ter aprendido o que é amizade. Observo que não sei permanecer na ausência. Mas eu não sou exemplo de nada, não quero ser. Antes eu já quis, não posso negar. E posso ter desistido justamente por reconhecer meus fracassos e principalmente até onde eu sei que não consigo chegar.

Voltei a vida, com amor de minha família e completamente desarmado. Obrigado a aceitar o meu desgaste . Limites que nunca pensei que teria .Também não poderia prever que os deslizes viriam acumulados. Atados em modelos explicados que eu ignorei. Em estranhos que quase minha vida eu doei. Mesmo que reconheça o plano superior, reconheço que também sou afetado. Preciso para de precisar querer ir para longe. Aquela velha coisa que todo mundo já sabia se tornou verdade, bem na minha frente. Um dia eu consiga analisar o passado sem que isso interfira no presente.

E já consigo sentir o plano em que estou. Muito perto de toda falta que eu jamais farei. Causando incômodo pela falta de moral e excesso de discurso. Aprendendo a distorcer as lições de auto. Liderando com carisma. Continuarei instigado em ser objeto de estudo. Um intelectual que vence pela força. Longe da Terra de Nunca, ou pelo menos tentando. Onde o final acaba antes do próximo capítulo começar.

Isso é tudo pessoal!

0 Comentários:

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails