Páginas

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Novos Problemas

"Eu tenho que viver, me reinventar
Interpretar as lágrimas dos poetas largados no chão
O menino que um dia me disse "estreie" foi engolido pelo tempo
E transformado em um velho incapaz de virar a página
Eu perdi a inocência de tanto lutar por ela
O que hoje conhecemos como histórias antigas são mais recentes do que os novos contos

É mais fácil se adaptar a todas as formas
Do que ter tudo que realmente quer
É mais fácil criar novos problemas
Do que ser sincero dizendo eu sou feliz


Não confunda se sentir vivo com felicidde
Pois é mai fácil sentir sua vida observando seus problemas
Mas nos anima saber que sempre teremos um viúva cheio de vaidade
E cheia de miséria que nos afoga a todas as dores

A vida não é uma novela com um final feliz
Pois nosso final é a morte.
E não levaremos nada
Cabe a cada um decidir o que realmente vale a pena"













Mais um da categoria recordando, escrevi em 25 de Novembro de 2008, nem lembro o que se passava na minha vida essa época.

1 Comentários:

Claudiomar Aparecido disse...

ótimo texto, muito interessante o seu blog

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails