Páginas

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Assassino

Mistérios me pertubando com novidades de investigação
Todos tentam evitar as minhas tentativas de isolação
Visitas perguntam como estou e oferecem sua falsa solidariedade
Tudo deve parecer uma tragédia e pouco importa a verdade

Provas parecem não chegar a lugar algum
Indícios? Apenas de que arquivarão o caso
E eu chorando e mostrando nada além do comum
Lágrimas saindo dos meus olhos enquando espero o prazo

Exemplicam o nível de brutalidade humana e reclamam da impunidade
Abusam de meu luto enquanto uópicosos idealizam a imparcialidade
Tudo que eu queria era poder seguir em frente
Enquanto finjo passar pelos estagios da morte

Acho que eu consegui fazer um crime perfeito

*Obra meramente fictícia

7 Comentários:

Carolina Lima disse...

Gostei de seu texto. Foi algoo bem Sherlock Holmes e Poirot!
:D
http://oicarolina.wordpress.com/

Lucas Adonai disse...

legal!

Abraão Braga disse...

Olá amigo! parabéns pelo blog,Muito bom e muito conteúdo mesmo! estou seguindo,poderia retribuir em meu blog ?

http://AB-Blogr.blogspot.com.br/

Tati disse...

Muito mistério nesse texto em formato poético... merece ser continuado!

Dreds disse...

Muito bom seu texto!

Almi Júnior disse...

Muito bom, esse ar dramático, esse jogo. Parabéns!

http://www.feitoporelas.com

Amy disse...

Amei seu texto, parabéns

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails