Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Dos mil canciones y un cielo ardiente

Como seria minha vida se eu tivesse um tempo a mais para fazer tudo que queria e não consegui. Isso faria alguma diferença no que eu faço hoje? Eu teria algo mais a aprender ou a me arrepender? Talvez as coisas seriam melhores, mais prefiro não pensar muito nisso, as cores berrantes do céu estão mais chamativas.
Olho em volta, penso nos cigarros que eu não acendi. Ouvi uma vez que ás vezes um cigarro é só um cigarro, ou algo parecido. E eu não estou querendo uma tragada solitária, quero ver que tudo está relacionado, quero acreditar que sempre há algo além, um próximo capítulo a ser elaborado, algo que possa invalidar todas as prepotências da humanidade. E poderia falar assim por toda uma vida, mas achei mais importante observar os contrastes de luz entre os últimos raios solares e os frágeis desenhos de nuvem que rapidamente se disfazem.
Não posso pegar minha máscara que já está no chão. Ou faço uma outra, ou aprendo a viver com meu próprio rosto, não posso ter medo de deixar meus olhos as mostras, mas preciso aprender a ser adaptável à contingência se eu quiser essa vida valha a pena.
Poderia escrever duas mil canções sobre tudo que pode ser prolixo e abstrato. Sei que não sei nada a respeito do tempo, do espaço ou de uma outra dimensão que explica o milagre de existir. Não sei se caso eu pudesse voltar atrás, arrumaria tudo que impede de ir em frente, se poderia começar tudo de novo. Mas sei que voltar ao tempo não é a solução, então me resta olhar para o alto e celebrar que hoje é hoje!

__________________________
Mais um pra lista de textos sem sentidos, mas precisava de atualizar o blog!
*Referências utilizadas: Freud, Belen Arjona y La Oreja de Van Gogh

18 Comentários:

paradigmas universal disse...

Nada como o presente...

Garcez disse...

era melhor nao ter atualizado entao

www.ouvindoparalamas.blogspot.com

Karla Hack dos Santos disse...

Depois que se segue... bem, o tempo não deixa espaço para se voltar atrás.

;D

Davi Drummond disse...

bem bacana, escritas soltas, pequenas reflexões =))

to seguindo aqui meu caro, parabéns pelo blog \o/

se puder seguir, se gostar:
www.foiporquerer.blogspot.com

Anônimo disse...

Não gostei :@ EU ODEIO DROGAS LICITAS E ILICITAS

Diogo disse...

querido anônimo
não há nenhuma referência a nenhum tipo de droga, o que está no texto é uma citação de Freud que foi utilizada como metáfora para a condição das relações humano. Algo que você perceberia caso tivesse lido o texto de verdade

Raul disse...

Apesar de tudo é sempre bom atualizar..

lollyoliver disse...

Adorei seu texto, pequenas reflexões que me fizeram pensar muito.
http://lollyoliver.wordpress.com/

Centraltop disse...

como diz o ditado, "nada como um dia após o outro"

Lulis Paz disse...

Gosto da linguagem que tu usa, e do jeito que tu escreve, além dos conteúdos.

Parabéns pelo blog o/

To te seguindo, segue de volta e comenta?

www.luliskd.blogspot.com

koalla disse...

Gostei do teu blog!! Parabéns

Cristiane - BA disse...

Adorei.

J.R. disse...

Muito bom o seu texto1!! Parabéns!!!

Karina Alme disse...

Isso ai é vida...melhor viver um dia de cada vez!

http://odespertardumsonho.blogspot.com/

Lucas Adonai disse...

Muito bom o texto ;D

Milton G. Machado disse...

Tem vezes que queria mesmo ter esse tempo a mais...
Mas lembro de todo o tempo que já desperdicei, e não posso reclamar disso.
Sem falar no tempo que ainda tenho que esperar para que as coisas deem certo! O mais difícil.
Ah, o tempo!

Garota de Várias Faces disse...

não preciso repetir que eu adoro o que você escreve né?
uma leitura intimista gostosíssima...
e uma ótima lição vc nos deixou nesse texto: por mais que alguma coisa que a a gente tivesse feito faria diferença hoje, analisar o passado hoje não é solução
tava precisando ouvir justamente isso
obrigada

www.diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com
visita o meu blog? me dá esse prazer vai ;)

lollyoliver disse...

O muito melhor é viver um dia de cada vez.
http://lollyoliver.wordpress.com/

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails