Páginas

terça-feira, 19 de julho de 2011

Instável e Constante

Necessidade de fazer diferente
Grades de uma jaula a se quebrar
Dificuldade de olhar pra frente
A dor pretende começar a gritar
Um mundo que se encontra dormente
Enquanto a noite está prestes a se calar
Voltas aterrisando no mesmo ambiente
Uma vida inteira para mudar

 A pétala prima para criar uma flor
Caiu na areia onde se busca perdão
Se tornou desprezível para o odor
Quer achar um coração
Um sonho que tenha cor
Para encher a alma em solidão
Que supera tudo que possui valor
E força para se manter sobre o chão
Ondas para distorcer tudo que é linear
Que removem os vestigios da inocência
É um mundo novo a se abraçar
Elementos dançam com a paciência
Com o passado que já está a sonhar
Que está aqui trazendo experiência
Sempre há o tudo para largar
E um nada para aceitar a ignorância
 
Nada muda porque nunca foi nada
É eterno que nem foi criado
É uma mente toda abalada
Um mundo que se encontra acabado
A vida por trás que não fica passada
Um laço entre a morte e o adorado
É a nave que não está pronta para ser queimada

16 Comentários:

Mari Fagundes disse...

Uma sincronia perfeita entre o texto e as imagens. Parabéns, ficou lindo e carregado de sentimento.

Se puder passa lá:
http://odiariodemariana.blogspot.com

=*

Leandro de Morais disse...

que tal fazer um vídeo hem?
vc é otimo com img e texto

http://leandrodemorais.blogspot.com/

PapoBacana disse...

Muito bom seu post..
gostei muito..
as imagens completam o texto..
abraços..

Juηiøя - ล∂๏ℓэร¢эи†э ลи†эиล∂๏ disse...

cara só pelas imagens podemos decifrar muita coisa nesse texto
parabéns!

Arte Urbana disse...

Adorei esse texto. Parabéns!

Tαtαh disse...

Adoreei o Textooo!!!! vs escreve muiiito beeim!!!

Seguindo vs!!! Retribuii!!!

http://echidellanima.blogspot.com/

Beeijos *-*

Rubi disse...

Há temops que não passava por aqui.
Tenho que concordar com a Mari Fagundes, a sequência de imagens ficou ótima com o texto!

Lucas Adonai disse...

Muito bom texto cara ;D

Angélica Lada disse...

Adorei o texto e achei bem interessante as imagens. Adoro fotografias assim; detalhe hahaha
estou seguindo o blog, e espero por vc no http://posdezesseis.blogspot.com/

Almir Ferreira disse...

Belos versos, com imagens interessantes.

Grande abraço

Barbara Nonato disse...

Quase surreal. Porém perfeito.

Acho que me identifiquei com texto e imagens, por muitas vezes já ter me sentido assim: presa à raízes que eu não pedi pra ter.

Beijo, Diogo!

Medeiros Alencar disse...

Consegui visualizar a instabilidade do mundo com lendo o teu texto.
Muito... e as imagens reforçam tudo.

Blog UaiMeu! disse...

Acho que todos nós somos inconstantes!
Passa lá
http://uaimeu10.blogspot.com/

Pocantes disse...

Todo mundo tem altos e baixos! eoieoie

http://pocants.blogspot.com/

Juliana Cysne disse...

Gostei das fotos desse post. O texto está de parabéns!

Song HaMi disse...

Waah, eu amei o post, ficou bem montado mesmo, como disseram ai em cima.Sem contar que falou de música.!E de S.H.E.!E AFTER SCHOOL.! O clipe do indiano e a música até são legais, mas o do árabe é barango demais da conta.!XD

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails