Páginas

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Sem compromisso

Como já não é novidade pra ninguém, não sigo nenhum padrão e/ou nenhuma regra imposta pela sociedade. Durante muito tempo, me incomodou bastante ser prejulgado ou denominadopor algo que não sou, simplesmente por ter algumas característica ou gosto afim. Hoje, já não me atinge nada do que o senso comum tem pra me dizer, podem me chamar de errante, louco e até mesmo covarde, por me recursar a me definir.
Já tentei fazer parte de várias tribos e de vários clubinhos, mas nunca consegui me integrar totalmente, agora eu desisti . Sei perfeitamente quem eu sou, mas prefiro guardar o meu conceito pra mim mesmo, a sociedade ainda não está pronta para te-lo ainda. Podem me chamar de prepotente ou de qualquer coisa que considera uma ofensa, sou intangível a palavras imaturas e olhares insinuativos. E garanto que não nasci com esse dom, aprendi ao longo do meu convívio com a sociedade, pelo menos pra alguma coisa ela serviu. Aprendi e mesmo assim continuo sendo quem sou, algo que espero nunca mudar.

Nem sei pra que estou falando isso, acho que foi porque me deu vontade.

10 Comentários:

Giovani Mariani disse...

Encontrei alguém que pensa como eu...
Somos subversivos cara, por não nos enquadrarmos no pensamento da maioria. Mas é justamente da mente de subversivos que brotam as idéias que influenciam gerações!

www.sementedarenovacao.com

Rubia Ferreira disse...

Estou completamente de acordo. Também encopntrei alguém que pense como eu. Às vezes você é totalmente humilhado por não fazer parte de um grupo social específico. Sinceramente isso é lamentável... As pessoas estão esquecendo de serem elas mesmas. Enfim...
Estou seguindo.
Se quiser seguir...
http://chasquento.blogspot.com/

Análise F.C disse...

Realmente, é cada vez mais difícil ser o que você realmente é.

' O que você irá fazer com o que fizeram de você?'
http://analisefc.blogspot.com/

Charles K. disse...

Em uma sociedade em que é estipulado para que a gente siga um padrão de vida igual o da maioria, quando se desvencilhamos e nos divergimos da massa, somos julgados como estúpidos, o que na realidade, estúpidos são quem precisam de uma tribo para se fazer ter identidade. Ótimo post

Whatislove disse...

Oii, obrigado, digo o mesmo, estou te seguindo ^^
beeijos

Verônica Cerqueira de Almeida. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Verônica Cerqueira de Almeida. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jefhcardoso disse...

"Mas louco é quem me diz, que não é feliz, não é feliz"(mutantes)
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.com.br

Stivie Sena disse...

me identifiquei com o texto

Leoo disse...

diogo, suas paginas estao muito grandes
vc poderia ajustar para menos postagens por pagina, eu acho q ficaria um pouco melhor,

leoo
mas seu blog eh bom
interesante....

Postar um comentário

Pelo menos leia o texto e evite escrever merda!
Eu não me importo que coloque o link de seu blog, só não aceito que se resuma a isso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails